• Vânia Penha-Lopes

DIA DO MESTRE E DA MESTRA TAMBÉM



Crônica-desabafo de 15 de outubro de 2017.


Hoje é o nosso dia, dia da gente que é mestre, que rala pra caramba, que trabalha aos domingos, que é incompreendida porque não necessariamente "sai pra trabalhar" todos os dias, que ganha pouco, que lida com os filhos dos outros que não lhes deram educação em casa, que vai a reuniões que parecem não ter fim (nem objetivo), mas que também tem o prazer de viajar pra disseminar o conhecimento, de encontrar ex-alunos que se lembram da gente com carinho e de ser reconhecida pelos talentos da gente (no meu caso, ler, escrever e palestrar).

37 views0 comments

Recent Posts

See All