• Vânia Penha-Lopes

"MENINO DE 14 ANOS EXECUTADO EM 1944 PODE SER JULGADO NOVAMENTE"



Comentário de 20 de janeiro de 2014, referentes à matéria e à fotografia que a acompanha. George Stinney, Jr. é a pessoa mais jovem que já foi executada nos EUA. Sem provas, foi acusado de matar uma menina branca. Em duas horas e meia, o júri decidiu condená-lo à cadeira elétrica. Note-se que, em 1944, os negros eram proibidos de ser jurados. Em 1944, muito mais do que hoje, os EUA praticavam terrorismo de estado, com leis que excluíam os negros de qualquer igualdade social e com policiais, advogados e juízes que faziam parte da Ku Klux Klan. Alguma dúvida que a prisão e a condenação do George foi abuso de poder e prática gritante de racismo?


Em 17 de dezembro de 2014, o menino George foi finalmente declarado inocente.


*******************


Meu Deus! Sua expressão de resignação me assombra. Na comemoração do aniversário do Dr. Martin Luther King, Jr., vale lembrar que, embora a vida seja undubitavelmente melhor hoje que há 70 anos, "O Sonho" está longe de se tornar realidade.


Que a sua alma se conforte na justiça que você nunca teve em vida, George Junius Stinney, Jr. (21 de outubro de 1929 – 16 de junho de 1944).

78 views0 comments

Recent Posts

See All

A ORIGEM DO MÊS DA HISTÓRIA NEGRA NOS EUA

Nos EUA, o mês de fevereiro é dedicado à história afro-americana. O texto abaixo é uma tradução do texto que escrevi há um ano, em inglês, sobre a origem dessa comemoração. A versão em português també

    Subscribe here to be part of a special community of readers that gets my chronicles directly in their e-mail box!

    Join my community

    Send me a message!

    Copyright © Vânia Penha-Lopes 2020. By Uyara Azevedo